« Home | Frustração » | Sentido Ausente » | Vidas e Vidas - O Deleite da Solidão Voluntária » | Dia de muito, véspera de nada » | Gênesis » | Um pensamento... » | Melhores amizades serão sempre eternas... »

História de Macacos

Havia, em algum lugar desse mundo, um grupo de cientistas que resolveu fazer uma pesquisa com macacos. Eles puseram três dentro de uma gaiola com dois andares: no primeiro andar havia um cocho onde eles punham uma ração vitaminada que macacos não gostam muito; já no segundo andar, havia sempre um cacho gigante de banana prata. Os macacos, obviamente, adoravam as bananas mas havia um porém: quando um deles ia ao segundo andar pegar as bananas, os cientistas lançavam um jato d'água nos outros dois macacos que ficavam no andar de baixo. Essa cena foi se repetindo por várias e várias vezes até que os macacos deduziram que tomariam o banho sempre que algum outro macaco fosse pegar alguma banana. Depois disso, eles resolveram tomar uma atitude: sempre que algum macaco se atrevia a subir ao segundo andar pra pegar bananas, os outros dois o surravam e não o permitiam fazê-lo. Depois de um tempo, isso ficou tão comum que eles nem ameaçavam mais subir ao segundo andar e se contentavam só com a ração.

Um mês depois, os cientistas tiraram um dos três macacos e puseram outro. Esse macaco foi direto ao segundo andar pegar bananas e foi surpreendido de cara com uma baita surra dos outros dois. Ele ainda tentou outras vezes mas sempre se deparava com a surra. Logo ele desistiu da idéia e se contentou também com a ração.

Duas semanas depois, os cientistas tiraram outro dos dois macacos da primeira leva e trocaram-no por outro macaco novo que repetiu a atitude do primeiro macaco trocado: pegar bananas. Esse, como não podia deixar de ser, também tomou uma baita surra dos outros dois. Uma semana depois, os cientistas trocaram também o último macaco da primeira leva e as mesmas cenas se repetiram.

Havia agora três macacos "novos" e, se alguém pudesse os perguntar o por que de eles não irem pegar as bananas ou por que eles batiam em quem tentava realizar tal ato, não saberiam responder pois quem começou o ato foram os macacos da "primeira geração".

Ainda bem que não somos macacos.

Nostalgia total!!!
Eu lembro quando você filosofou esse assunto... irado se a gente pudesse fazer a experiência, ehehehe...

Cara, ainda bem q não somos macacos... mas carregamos muitos medos, que não são nossos!

eh... macacos ou nao, somos todos iguais!

Postar um comentário

Links to this post

Criar um link